Como previsto, não houve emissão de Newsletter na semana passado, pelo que esta inclui os textos publicados entre 16 e 29 de Novembro.

 
* José Pedro BarretoO Diabo à solta nas margens do Nango
Memórias da guerra colonial.

* Rui Bebiano Os sons do silêncio
Recensão do livro de Daniel Mendelsohn, Os Desaparecidos. À procura de seis em seis milhões.

* Cecília Cunha Liceu de Camões. 100 Anos. 100 Testemunhos
A propósito da publicação do livro de Sarah Adamopoulos e José Luís Falcão de Vasconcellos, Liceu de Camões. 100 Anos. 100 Testemunhos.

* Mª Manuela Cruzeiro – No Reino dos Falsos Avestruzes: Um regresso inadiável
Um ano depois da morte de João Martins Pereira.

* Artur Pinto Episódios do tempo do fascismo – 3
Peripécias de uma mala que era preciso esconder da PIDE.

* António Marquês De como o nevoeiro pode dar ainda mais história a um dia que já o merecia
Recordações de vivência na juventude.

* Jorge Martins Braamcamp Freire: o fidalgo da República (5)
Mais um post desta série.

* João Tunes A questão mais incómoda da guerra colonial
A propósito do livro de Dalila Cabrita Mateus, A Pide/DGS na Guerra Colonial – 1961-1974.

* Mª Manuela Cruzeiro MELO ANTUNES – A minha homenagem
No 10º aniversário da sua morte.

* Rui Bebiano O homem que não se opôs
Recensão do livro de Gao Wenqian, Chu En-Lai. O Último Revolucionário Perfeito – Uma Biografia.

* Helena PatoRecordando a condenação do fascismo no Tribunal da Opinião Estudantil – 1977
Divulgação de uma intervenção de Joaquim Namorado.

* João TunesO vampirismo franquista
A «transição espanhola» num livro de Julián Casanova e Catrlos Gil Andrès (Historia de España en el siglo XX) e num debate promovido pelo Púbico.es.

 
Se pretender cancelar a subscrição da Newsletter, responda a este mail (ou envie um mail para caminhosdamemoria[arroba]gmail.com), indicando-o expressamente. Agradecendo antecipadamente comentários e sugestões, em nome da Redacção
Joana Lopes

Anúncios