DADOS PESSOAIS
Habilitações Académicas: Licenciado em Organização e Gestão de Empresas pelo Instituto Superior de Economia (ex-Instituto Superior de Ciências Económicas e Financeiras – ISCEF) Lisboa.
Ano de conclusão do Curso: 1981

ACTIVIDADES NAS ÁREAS ASSOCIATIVA
1965/67 – Membro do Grupo de Teatro do Circulo Cultural do Algarve.
1970/71 – Vice-Presidente da Direcção da Associação de Estudantes do ISCEF (Instituto Superior de Ciências Económicas e Financeiras).
1970/71 – Membro da Direcção da Cooperativa Livreira – LIVRELCO.
1988/ – Presidente da Assembleia-geral da MESTER (Associação de Profissionais de Artesanato Criativo).
1989/ – Membro do Conselho Fiscal da Fundação das Casas de Fronteira e Alorna.
2002/ – Membro do Conselho de Direcção da Fundação Antero de Quental

ACTIVIDADES NAS ÁREAS DA EDUCAÇÃO E DA FORMAÇÃO PROFISSIONAL
– Monitor da disciplina de Economia Política no Instituto de Serviço Social de Lisboa.
– Professor das disciplinas de Contabilidade e Práticas e Técnicas Comerciais na Escola Secundária da Cidade Universitária.
1988/89 – Coordenador Pedagógico de Acções de Formação Profissional no âmbito dos programas executados pelo IED (Instituto de Estudos para o Desenvolvimento) na Península de Setúbal (Setúbal).
1989/90 – Concepção e coordenação de Acções de Formação Profissional no âmbito dos Programas executados pelo CIDEC (Centro Interdisciplinar de Estudos Económicos) em colaboração com a MESTER (Associação de Profissionais de Artesanato Criativo) e a Caritas Portuguesa de Lisboa.
1989/92 – Coordenador da Equipa de Projecto das Escolas Profissionais, instituídas pelo Decreto-Lei 26/89 de 21 de Janeiro. No âmbito do GETAP – Gabinete de Educação Tecnológica, Artística e Profissional) do Ministério da Educação (Despacho de 06/03/1992, publicado no Apêndice nº 79 – II Série – n.º 133 de 09/06/1992).
1990/92 – Gestor do Sub-Programa 2 PRODEP (Programa de Desenvolvimento Educativo para Portugal – 1990-1993) – “Ensino Profissional”.
– Membro da Comissão Nacional do PRODEP.
1990/92 – Membro dos Júris (Comissões Técnicas de Análise) dos Concursos Públicos destinados à criação de Escolas Profissionais e à atribuição de apoios financeiros destinados ao seu apetrechamento. (Despachos n.º 77/SERE/90, n.º 78/SERE/90 e 128/ME/90)
– Membro da Comissão Organizadora da Conferência Nacional “Novos Rumos para o Ensino Tecnológico e Profissional” – Matosinhos.
2003/05 – Direcção Geral do Ensino Secundário (DGES) e Direcção Geral de Inovação de Desenvolvimento Curricular (DGIDC) – Membro da equipa coordenadora do projecto de apreciação, selecção, adopção e registo de Manuais Escolares no ensino básico e secundário.
2006 – Direcção Geral de Inovação e Desenvolvimento Curricular (DGIDC) – Coordenador do “Espaço Noesis” – Despacho Interno n.º 3/GD/2006, de 26 de Janeiro,
2007 -Representante da DGIDC no Projecto DADUS em parceria com a CNPD (Comissão Nacional de Protecção de Dados).
2008 – Director de Departamento Financeiro e de Organização da ANQ (Agência Nacional para a Qualificação).

ACTIVIDADES NAS ÁREAS DA ECONOMIA E GESTÃO
1979/81 – Exerce funções no GEBEI (Gabinete de Estudos Básicos de Economia Industrial) do Ministério do Plano.
1981/85 – Técnico do GEBEI integrando a Equipa responsável pela construção do sistema de Matrizes Multisectoriais para o Continente – 1977, e na equipa responsável pela “Matriz do Investimento Directo Estrangeiro” e “Matriz do Sector Exportador”.
1985/88 – Técnico no “Instituto Nacional de Estatística” integrando a Divisão de Contas Nacionais.

ACTIVIDADES NAS ÁREAS AUTÁRQUICA E GOVERNAMENTAL

CAMARA MUNICIPAL DE LISBOA
1992/Dez – Adjunto do Gabinete de Apoio Pessoal do Presidente da Câmara Municipal Lisboa. (Desp. n. º 120/P/94 de 16/02/1994).
1995 – Coordenador da equipa do Programa “Operação Integrada de Reconversão do Casal Ventoso” (Bairro degradado de Lisboa e grande centro de tráfego e consumo de droga);
– Presidente do “Gabinete de Reconversão do Casal Ventoso”, Instituto Público criado para executar aquela Operação. (Res. 44-A/95, publicada no D.R., II Série, 237, de 13/10/95)
2008 – Presidente do Instituto António Sérgio do Sector Cooperativo (INSCOOP).

GOVERNO
1995 – Adjunto do Ministro da Solidariedade e Segurança Social, Dr. Eduardo Ferro Rodrigues. (Desp. 12/MSSS/95, publicado no D.R., II Série, de 27/11/1995)

COMISSÃO PERMANENTE PARA O ACOLHIMENTO E INSERÇÃO SOCIAL DA COMUNIDADE TIMORENSE
Elabora o Relatório Preliminar da Comissão Interministerial para o Acolhimento e Inserção Social da Comunidade Timorense – 26/02/96
Coordenador da “Comissão Interministerial para o Acolhimento e Inserção Social da Comunidade Timorense” criada pela Resolução n.º 28/96, de 18/04/96 do Conselho de Ministros;
Presidente da “Comissão Permanente para o Acolhimento e Inserção Social da Comunidade Timorense”, criada pela Resolução do Conselho de Ministros n. º 28/96, publicada no D.R. II Série, de 14/05/96, através do Despacho n.º 49/MSSS/96 de 14/06/96 em cujas atribuições, funções e desempenho assume particular destaque o programa para a inserção no sistema escolar português dos jovens timorenses acolhidos em Portugal;

INATEL – INSTITUTO PARA O APROVEITAMENTO DO TEMPO LIVRE DOS TRABALHADORES PORTUGUESES
1996 – Em 21 de Fevereiro toma posse como Presidente do INATEL – Instituto Nacional para o Aproveitamento dos Tempos Livres dos Trabalhadores, Despacho n.º 8/MSSS/96 de 13/2/96;
1999 – Em 22 de Fevereiro é reconduzido como Presidente do INATEL (Instituto Nacional para o Aproveitamento dos Tempos Livres dos Trabalhadores) pelo Senhor Ministro do Trabalho e da Solidariedade, Despacho nº. 5205/99, de 22/2/99.
2003 – Em 21 de Fevereiro é reconduzido como Presidente da Direcção do INATEL pelo Senhor Ministro do Trabalho e da Solidariedade;

CARTA DO LAZER DAS ALDEIAS HISTÓRICAS
1998/2000 – Coordenador do projecto “Carta do Lazer das Aldeias Históricas”, realizado em parceria do INATEL com a CCRC (Comissão de Coordenação Regional do Centro) e as Autarquias da área geográfica abrangida, consistindo no levantamento e divulgação dos recursos culturais, patrimoniais, turísticos e naturais de 23 Conselhos da Região da Beira Interior;

ASSOCIAÇÃO DAS TERMAS DE PORTUGAL
2000 – Vogal da Direcção da Associação das Termas de Portugal em representação do INATEL;

BITS (ORGANIZAÇÃO INTERNACIONAL DE TURISMO SOCIAL)
2000 – Vice-Presidente mundial e Presidente da “Secção União Europeia” do BITS;

CONSELHO SECTORIAL DO TURISMO
2000 – Representante do INATEL no Conselho Sectorial do Turismo;

REVISTA TEMPO LIVRE
1996/2003 – Director da Revista Tempo Livre, publicação mensal do INATEL; autor de 73 Editoriais;

LIVROS, PUBLICAÇÕES E TEXTOS ORIGINAIS
a) Publicação de inúmeros artigos abordando temas na área da gestão, desenvolvimento sustentável, demografia, turismo e tempo livre, em jornais e revistas
b) Autoria e edição de Livros e Publicações:
 Autoria do Livro “Os Novos Tempos do Lazer Português” – Lisboa – Outubro de 2002;
 “Cinquentenário de uma Sede – da FNAT (1947) ao INATEL (1997)” livro da autoria de Maria de Fátima Pinto (Nota de Abertura);
 2ª. Edição fac-similada do livro “Dez anos de Alegria no Trabalho – 1935-1945” do INATEL (Nota de Abertura);
 2ª. Edição fac-similada do livro “Ano XX – 1935-1954” do INATEL (Nota de Abertura);
 “Um lugar ao Sol – Costa de Caparica 1938-1998” livro da autoria de Maria de Fátima Pinto e João Paulo (Nota de Abertura); (
 Direcção e nota de abertura do “Roteiro de Linhares da Beira – edição 0” – “Carta do Lazer das Aldeias Históricas”;
 Coordenação e Nota Introdutória das publicações em livro de divulgação da ”Carta do Lazer das Aldeias Históricas” – 2000;
 Apresentação do livro “Comeres e Saberes da Beira Interior”, de Salomé Joanaz e Pedro Soares – 2000;
 Apresentação do Livro “Grande Rota das Aldeias Históricas” – 2000;
 Direcção e nota de abertura do “Guia do Timorense em Portugal” edição da “Comissão Permanente para o Acolhimento e Inserção Social da Comunidade Timorense”;
 “INATEL PALACE” livro da autoria de Maria de Fátima Pinto e João Paulo (Nota de Abertura);
 “Uma viagem pelo Património Natural das Aldeias Históricas do Interior Beirão”, de António Pena, integrado no projecto “Carta do Lazer das Aldeias Históricas” (Nota de abertura) – Agosto de 2002;
 “Ir Pela Sua Mão” – Editora Ausência (Poesia) – Maio de 2003;
 “Primeiros Poemas” – Edição de Autor (Poesia) – Dezembro de 2007;
– Há um momento em que a juventude se perde. É o momento em que os seres se perdem. E é preciso saber aceitar. Mas esse momento é duro. – Poesia. Edição de Autor – Outubro de 2008.

ATRIBUIÇÃO DE LOUVORES/CONDECORAÇÕES
 Louvor atribuído em 31 de Julho de 1991, pelo Sr. Ministro da Educação, Despacho n.º 119/ME/91, publicado no Diário da República de 20/08/91.
 “Medalha de Ouro de Mérito Turístico” – em 23 de Janeiro de 2002 recebe em nome do INATEL, a cuja Direcção preside, a mais alta distinção de mérito atribuída pelo Estado português na área do turismo;
 Condecoração “Grande Ordem de Mérito” – em 18 de Abril de 2000 é condecorado, a título pessoal, com a “Grande Ordem de Mérito Union Grand Duc Adolphe”, do Estado do Luxemburgo, pelos serviços prestados na promoção, divulgação e apoio à música amadora.