I Colóquio sobre «Os Comunistas em Portugal – 1921-2008»

7 e 8 de Novembro de 2008

Biblioteca-Museu República e Resistência
Espaço Cidade Universitária – Rua Alberto de Sousa, nº 10 A, Zona B do Rego
1600-002 Lisboa

Sexta-feira, 7 de Novembro

17h15 APRESENTAÇÃO E ABERTURA DOS TRABALHOS

17h30 António Barata / Membro do colectivo «Política Operária»

Os primórdios do partido comunista

18h00 Carlos Zacarias F. de Sena Júnior / Universidade do Estado da Bahia

A Frente Popular e o VII Congresso da Internacional Comunista

18h30 Luís Farinha / Investigador do Instituto de História Contemporânea (Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa)

O Frentismo – A Frente Nacional Antifascista (1956-1958)

19h00 DEBATE

19h30 João Marques Lopes / Bolseiro de doutoramento da FCT

Mário Dionísio, a política cultural do bolchevismo e o PCP. Uma polémica dos anos 50

20h00 Manuel Loff / Departamento de História da Faculdade de Letras da Universidade do Porto; Bruno Monteiro / Mestrando em Sociologia da Faculdade de Letras da Universidade do Porto

Operários (e) comunistas: cultura operária e adesão comunista em Portugal (1960-74)

20h30 DEBATE

21h00 ENCERRAMENTO DO PRIMEIRO DIA DE TRABALHOS

Sábado, 8 de Novembro

9h30 REINÍCIO DOS TRABALHOS

9h45 Paula Godinho / Departamento de Antropologia da Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa

Comunistas no Couço: resistência colectiva, memórias particulares e contra-hegemonia

10h15 Vanessa de Almeida / Licenciada em História da Arte pela Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa; mestranda em Antropologia, área dos Movimentos Sociais, pela Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa

As companheiras das casas do Partido

10h45 António Ventura / Departamento de História da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa

Testemunhos na primeira pessoa: a literatura autobiográfica de autores comunistas

11h15 DEBATE

11h45 Miguel Cardina / CES – Centro de Estudos Sociais, Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra

O maoísmo em Portugal (1964-74)

12h15 José Manuel Lopes Cordeiro / Universidade do Minho

«Ao serviço do Povo venceremos!» A oposição estudantil nos últimos anos do fascismo (1969-1974)

12h45 DEBATE

13h15 ALMOÇO*

15h00 João Madeira / Investigador do Instituto de História Contemporânea

O efeito Martins Rodrigues e o «desvio esquerdista» de Maio de 1964 no PCP

15h30 Raquel Varela / Departamento de História do ISCTE

O papel do PCP no processo revolucionário de 1974-75

16h00 Valério Arcary / Professor do CEFET/SP; doutor em História Social pela Un. de São Paulo

O PCP e o PREC: a desconcertante defesa de um projecto nacional autárquico

16h30 DEBATE/ PAUSA PARA CAFÉ

17h00 António Simões do Paço / Jornalista, licenciado em História pela Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa (editor-coordenador de Os Anos de Salazar)

O PCP e o Estado, da «reorganização» de 1941 à revolução de Abril de 1974

17h30 Inês Fonseca / Bolseira «pós-doc» da Fundação para a Ciência e Tecnologia (Portugal); Laboratório CNRS Genre, Travail, Mobilités (França); investigadora do CEEP-CRIA (Portugal)

Continuar a ser mineiro sem trabalhar na mina

18h00 Ana Barradas / Membro do colectivo «Política Operária»

Uma dissidência exemplar

18h30 DEBATE

19h15 ENCERRAMENTO DOS TRABALHOS

* O Ciber Café da Biblioteca-Museu República e Resistência fornece refeições mediante marcação. Os interessados poderão fazer a sua reserva directamente pelo telefone 21 780 27 68.

Organização: Política Operária, com a colaboração da Biblioteca-Museu República e Resistência.
Contactos: penagomes@sapo.pt; baratantonio@hotmail.com; Telef. 214713129, Telem. 936094996