O jornal Público noticia hoje a descoberta num armazém do Estado, em Queluz, de perto de uma centena de caixas com documentos oriundos da Presidência do Conselho de Ministros, referentes ao período entre 1938 e 1957. As pastas já foram transferidas para a Torre do Tombo e poderão ser consultadas em breve. Segundo Silvestre Lacerda, director do Instituto de Arquivos Nacionais/Torre do Tombo, a diversidade dos documentos agora encontrados poderá levar a que se venha «a confirmar ou a desmentir algumas coisas já publicadas».

Anúncios