Acaba de ser publicado Salazar 40 anos?, com desenhos de Cláudio Torres (*).

Da Introdução:

«Aproximava-se o ano de 1966, em que passavam quarenta anos do 28 de Maio de 1926, e a ideia surgiu naturalmente… Era necessário participar mais directa e empenhadamente na denúncia de um regime que parecia eternizar-se no poder. (…)

Para organizar um texto justificativo e coerente recorri ao meu pai [Flausino Torres], já então exilado em Argel, onde colaborava com a Frente Patriótica de Libertação Nacional. Foi dele a ideia de seleccionar dos discursos de Salazar algumas frases e afirmações que, de certa forma, enquadrassem os desenhos. Ainda chegaram a ser publicados alguns exemplares com a chancela das efémeras Edições Liberdade [em 1966]. Mas o esquecimento instalou-se, aconteceu o 25 de Abril e os anos passaram. Passaram outros 40 anos sobre a queda do ditador.» 

(*) Com colaboração de Flausino Torres, Edições Afrontamento, 2008, 80 p.

 

Anúncios