Interferências políticas e protestos na história dos Jogos Olímpicos:

1896, Atenas (primeiros JO da era moderna) – Boicote da Turquia.
1936, Berlim – Os JO do nazismo.
1948, Londres – Japão e Alemanha (os dois grandes vencidos da Segunda Guerra Mundial) nem sequer são convidados.
1956, Melbourne – Boicote de Espanha, Holanda e Suíça contra a intervenção soviética em Budapeste e de Líbano e Iraque contra a posição da Austrália sobre o Médio Oriente. A China abandona os Jogos como forma de protesto contra a presença da bandeira de Taiwan.

(Publicado também em Entre as brumas da memória.)

Anúncios